As férias que sonhei…

Postado em 4 de março de 2016 por Seja o primeiro a comentar

(por João Felipe Lopes Cirino)

                Foi no último verão, eu acabei de fazer 10 anos, pôxa! Alguns professores não entendem o que férias quer dizer! Tipo… eu tava lá pensando que quando essa coisa de aulas acabasse eu ia poder ficar a toa, acordando tarde, comendo um monte de doces, vendo meus desenhos… amo aqueles power rangers (foi difícil aprender a escrever o nome deles)!   Além de ir na casa dos meus amigos, passear com o papai e ir tomar sorvete com a mamãe minha, aquela loira divertida!

                Mas tudo isso acabou quando a professora Zenilda disse: Férias? Não podiiiii! (Igual aquela doida do desenho do irmão do Joel), aí eu pensei “bom, às vezes eu tenho essa sensação, sabe, de que essa doida da professora não gosta muito de ter paz”. Em resumo ela deu tanta tarefa e tantos trabalhos que eu me senti uma criança japonesa. Pôxa, será que ela não pensa no Natal?

                Meu Natal… ah, que cocô! Foi tão triste… todos felizes, animados e eu… fazendo cópias sobre aqueles… é… aqueles hamburgueres burgueses, e sobre aquela coisa das indústrias revoltadas… e foi tão duro que no ano novo ao invés de me vestir de branco pensei “pôxa, já tenho quase 11 anos, quero usar uma roupa preta, pro velório das minhas férias”.

                Meus dias se resumiram a acordar cedo e estudar… acho que estudei tanto que meu cerebelo virou pudim de maria mole igual da minha avozinha Luanda.

                Enquanto tive esse trem de tarefa que me deixô mais triste que um anão numa convenção de gigantes eu sonhei. Sonhei tanto que achei que nas férias eu ia mesmo passear mais e tomar um pote de sorvete por dia.

                O que mais me entristeceu foi que nem rolou! Agora as aulas voltaram e eu tô sonhando que um dia vou dizer pra prô Zenilda que eu vou ser o power ranger vermelho e não vou salvar ela porque ela estragou minhas férias! E eu nem queria um pônei de Natal! Eu queria dormir, e depois das férias, minhas mãos ainda doem de tanto escrever!

Categoria : Lá vem conto!
  • twitter
  • facebook
  • linkedin
  • delicious
  • digg

Sobre admin

Deixe um comentário